terça-feira, 12 de abril de 2011

~Lσηgє dє ti

Um dia, talvez, você irá se levantar e perceber o quão sozinho está. Todos os desejos irão ser apenas poeira, e o vento irá levá-los para longe de ti. Você, provavelmente, irá se culpar, e se flagelar, talvez chegue a chorar e proferir lamentos. Seu coração estará mais frio do que um dia você pensou em imaginar. As paredes irão se fechar sobre você, e teus sentimentos, um a um, irão sufocar-te. As luzes perderão seu brilho, e apenas sombras te envolverão. Tudo o que você pensou que tinha, se revelará mentira, e seu castelo em finas cartas irá se desmanchar.
Você, quem sabe, irá se lembrar de alguém que já te amou, e já foi teu chão; mas, você não valorizou. E então, suas esperanças irão morrer, pois agora essa pessoa está longe, e você, vai estar aí, tão pequeno e sufocado. A saudade será o sentimento mais suave, e a culpa se tornará infinitamente maior. Não caberão em ti explicações, sentimentos e palavras: será tudo frio demais, será tudo triste demais.
As músicas serão como lamentos, lágrimas serão como sua respiração. Tudo irá te acusar, e você não poderá escapar. Você deixou tudo isso acabar. Sentarás na beirada da cama, e o céu que vimos já não será o mesmo, as promessas terão se quebrado, a saudade terá consumido todos os teus sentimentos, e o tempo varrido nossa história. Então será tarde demais, pois o tempo passa, e passa muito rápido. Não há como voltar atrás, agora não mais. E será nesse momento que eu estarei longe demais, longe demais de ti.

MαyяαPιηнєιяσ~

1 comentários:

Jeeh Marques disse...

muitooo lindoo o textoo, aki, tudo !
Seguindooo ;D

Postar um comentário

 
Copyright - Cσιѕαѕ qυє єυ qυєяια tє fαℓαя... 2009. Powered by Blogger.Designed by Ezwpthemes .
Converted To Blogger Template by Anshul .